Al. Dr. Sebastião Fleuri, nº 51, St Marista, Goiânia - GO

(62) 98331-9777 Celular e WhatsApp

Serviços
Neuropsicologia Goiânia
Testes de QI

 

Testes de QI

 

A habilidade cognitiva está ligada à genética e também questões culturais, que em geral são aprimoradas ao longo da vida ou herdadas dos pais e antepassados. Especialistas vêm ao longo dos anos, desenvolvendo métodos para podermos mensurar a inteligência do ser humano.

 

Mas como medir algo tão subjetivo? Um dos principais instrumentos para essa tarefa é o teste de QI.

 

Na avaliação QI analisamos as habilidades mentais e comportamentais que, juntas determinam a capacidade intelectual do indivíduo.

 

Os testes de QI podem ser ferramentas auxiliares nas predições acerca do desempenho profissional, acadêmico e social de uma pessoa, já que analisa diversas habilidades necessárias nos vários aspectos da vida do ser humano.

 

 

O que é o teste de QI?

 

Os inventores dos testes de QI foram os psicólogos franceses Alfred Biner e Théodore Simon que desenvolveram em 1905 uma técnica para identificar alunos que precisariam de atenção especial no decorrer da aprendizagem escolar.

 

Os alunos eram separados por idade e respondiam aos testes. Aqueles que ficavam abaixo da média geral, eram acompanhados com mais atenção pelos professores. Aqueles que atingiam notas superiores eram considerados destaques. Esses testes foram sendo aprimorados ao longo dos anos até chegarmos nos modelos atuais, que apresentam alto padrão científico.

 

É importante salientar que os testes de QI encontrados na internet, são em geral bastante rudimentares, focados somente no raciocínio lógico e que por não comtemplarem as diversas áreas de habilidade cerebral não podem ser usados para nada além de passatempo ou com fins de recreação.

 

Para uma analise abrangente de todas as habilidades do indivíduo, os testes de QI só devem ser aplicados por psicólogos, utilizando-se testes validados pelo Conselho de Psicologia e levando em consideração o perfil pessoal e as suas necessidades individuais.

 

Em geral os testes de QI avaliam diversas funções cerebrais, como atenção, linguagem, cálculo, facilidade em aprender, memória, abstração, percepção e capacidade de resolver problemas.

 

 

O que significa QI?

 

QI significa Quociente Intelectual, ou seja, é um valor numérico resultante de uma bateria de testes utilizados para analisar a capacidade intelectual geral de um indivíduo, ou seja, sua inteligência.

 

A inteligência é formada por um conjunto de habilidades intelectuais e emocionais que nos permite agir de forma eficaz levando-nos a atingir bons resultados nos vários aspectos da vida individual ou em sociedade.

 

 

Como se calcula o QI?

 

O QI, ou quociente de inteligência, é encontrado aplicando-se a seguinte fórmula: divide-se a idade mental da pessoa por sua idade cronológica e depois multiplica-se por 100. A idade mental é determinada através dos testes aplicados.

 

A escala padrão mais aceita pela comunidade científica é a seguinte:

A média geralmente está compreendida entre 85 e 114.

Resultados abaixo de 85 indicam Dificuldade Leve à Moderada, ou seja, o indivíduo pode apresentar algum tipo de comprometimento cognitivo.

Valores maiores que 114 indicam intelecto superior até alta Habilidade

Indivíduos que alcançam números maiores que 130 podem ser considerados com inteligência muito alta ou superdotação.

 

 

Usos do teste de QI

 

Esse instrumento é muito utilizado para se obter um indicador da inteligência para diversas finalidades. Podemos por exemplo usar o teste de QI para identificar uma criança com déficit de atenção ou que apresente um processo de aprendizagem superior aos demais.

 

Outro uso comum dos testes de QI é para se diagnosticar problemas de comportamento ou conduta da pessoa, ou ainda como ferramenta auxiliar no processo de decisão em uma seleção de candidatos para determinado cargo.

 

De grande ajuda na identificação de transtornos ou na tomada de decisões, o teste de QI não deve ser utilizado como uma ferramenta única no diagnóstico. Nesses casos, é preciso que a análise do indivíduo seja ampla, contemplando as técnicas mais adequadas da área da psicologia.

 

O teste de QI pode ser aplicado de forma isolada, quando o que se deseja é apenas determinar o quociente de inteligência do indivíduo. Quando o interesse é uma análise mais profunda das funções cognitivas e intelectuais da pessoa, o ideal é que seja aplicada uma Avaliação Neuropsicológica completa, onde o teste de QI será apenas um dos quesitos avaliados.